Garagem descoberta? Saiba como proteger o seu carro

16/08/2017 10:48:34
Foto: Divulgação

Deixar o veículo ao relento acaba causando alguns danos à lataria e faz com que ele fique menos valorizado. Se nem sempre é possível contar com uma garagem coberta, é preciso utilizar outros artifícios a fim de proteger o seu carro.

Tudo bem que não é sempre possível parar em uma garagem coberta, por exemplo, quando estaciona na rua. Mas, na sua casa, esse deve ser um fator a ser pensado e, se não existe a possibilidade de construir uma cobertura, fique atento. 

Quais os danos que podem ocorrer quando se deixa de proteger o seu carro?

Deixar o carro constantemente exposto gera muitos danos, principalmente, na parte externa. Dentre eles podemos citar:

  • Pintura danificada que perde a cor com a exposição excessiva do sol;
  • Borrachas e plásticos ressecados e desgastados com maior facilidade pela exposição ao tempo;
  • Manchas na lataria devido a resíduos e respingos de líquidos e até mesmo de dejetos de pássaros;
  • Riscos e arranhões por objetos que caiam sobre o veículo, como folhas, galhos e até granizo;
  • Estofado desbotado por conta do calor excessivo e exposição ao sol, o que o deixa com aparência de velho.

Porém, mesmo que a garagem seja descoberta, o que não se pode mesmo é deixar o carro passar a noite na rua, pois as chances de roubo são grandes, ainda mais se ele tiver na lista dos carros mais roubados.

Você pode ver os carros mais roubados em São Paulo e descobrir se o seu está na lista, mas isso não quer dizer que se estiver fora pode deixar o carro na rua, apenas mostra que não pode nem pensar em deixá-lo fora da garagem. Veja também os carros mais roubados no Rio de Janeiro.

Dicas de como proteger o seu carro

Existem diversas maneiras de proteger o seu carro se possui uma garagem descoberta. Porém, todas elas vão exigir alguns cuidados extras, por isso, se atente às dicas.

  • Não pare embaixo de árvores

Parar embaixo das árvores parece a solução ideal, afinal, assim o carro fica protegido da exposição ao sol. Isso evita que a pintura se danifique e as borrachas e plásticos ressequem.

Por outro lado, pode não ser a solução perfeita como parece. As árvores soltam uma seiva que, ao cair na pintura, pode manchar e são difíceis de remover.

Além disso, é possível que caiam alguns galhos sobre o veículo, riscando a pintura. Sem falar dos pássaros que ficam nas árvores e os dejetos também mancham a pintura.

O que por um lado parece a solução perfeita, por outro acaba trazendo ainda mais problemas.

Além disso, vale pensar no caso de uma queda de árvore, em caso de tempestades. Informe-se antes se o seu seguro auto cobre queda de árvore.

  • Use a capa protetora

A capa protetora é fácil de ser encontrada e uma solução muito boa para quem não tem cobertura na garagem.

Além disso, ela pode ser levada para qualquer lugar, basta colocá-la no porta-malas e depois cobrir o veículo onde desejar.

Entretanto, é preciso ter alguns cuidados. Ela realmente vai proteger o carro do sol e de objetos que possam cair sobre ele e danificar a pintura. Mas, por ser de um tipo de plástico, não deve cobrir o veículo de forma contínua, caso contrário, pode aderir a pintura.

O ideal é que ela seja removida uma vez ao dia para que não cause essa aderência e que a poeira seja retirada. Assim, diminui-se o risco de causar imperfeições na lataria e vidros.

  • Encere o veículo

A cera também é outro recurso quase que indispensável porque ela cria uma espécie de barreira protetora, protegendo contra a maioria dos danos.

Uma maneira de saber se está na hora de encerar novamente é verificar se água escorre facilmente. Se isso não acontecer, é hora de passar novamente e proteger o seu carro que fica em uma garagem descoberta. 

Postado por Redação Portal Gaz- redacao@portalgaz.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações