A Mamãe é Rock

17/05/2017 11:15:40
Foto: Divulgação

“Mãe feliz cria filho feliz”. Esta foi a mensagem da palestra da mãe, jornalista, socióloga e escritora Ana Emília Cardoso, a “mamãe rock”, que aconteceu na noite de quarta-feira, dia 10 de maio, no Teatro do Colégio Mauá, em Santa Cruz do Sul. A promoção foi do Empodere - grupo formado por quatro mulheres empreendedoras que buscam reunir outras mulheres com o propósito de inspirá-las e impulsioná-las a sair da chamada “zona de conforto” - e da Associação de Pais e Mestres (APM) do Colégio Mauá. A explanação de Ana é uma inspiração do seu livro de crônicas A Mamãe é Rock, que mostra a sua família de outra forma do que a abordada na publicação O Papai é Pop, escrita pelo seu marido, Marcos Piangers. “A mamãe é rock. A maternidade é rock”, destacou ela.

Durante a palestra, Ana Cardoso, falou sobre diversos assuntos relacionados com a sua experiência com a maternidade, como dificuldades, desafios diários, recomeços, divisão de tarefas domésticas com o marido, entre outros. “As mães precisam desconstruir a culpa”, ressaltou. Para contar sobre suas vivências, ela fez um passo a passo desde a primeira gravidez até os dias atuais, em que o percurso resultou nos livros de crônicas, que estão sendo lançados fora do Brasil, com suas versões traduzidas para o inglês. Ana também discorreu sobre assuntos como machismo, feminismo e relacionamentos.

A jornalista ainda abordou temas como consumismo e limites, dando exemplo de que a sua família procura viver da maneira mais simples possível, bem como busca mostrar a realidade do mundo para as filhas Anita, 12 anos, e Aurora, 4. Além disso, Ana contou: como surgiu a oportunidade de escrever o livro A Mamãe é Rock; sobre outras publicações dela, como Natal, Férias e Outras Histórias, e Quando Falta Ar, dela e outros escritores, cujo valor das vendas é todo revertido para uma instituição que atende crianças com asma. Para finalizar, ela mostrou um vídeo com a participação de Anita em uma escola de desprincesamento, que ilustra como estão criando as filhas.

Eu tive o privilégio de assistir à palestra e conversar um pouco com a escritora, que é superacessível e muito receptiva. Recepcionou a mulherada para autorgrafar seus livros de maneira muito cordial e sem frescuras. Mais um motivo que justifica todo seu sucesso!

Postado por MICHELLE TREICHEL- michelle@gazetadosul.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações