Porque eles são pequeninos por pouco tempo

14/02/2017 10:14:13
Foto: Joice Martins

Retratar de maneira inesquecível os bebês recém-nascidos é a premissa da fotografia newborn, que cada vez mais chama a atenção de pais no mundo inteiro. A arte, que já está bastante difundida nos Estados Unidos, Europa e Austrália, ano a ano também ganha força no Brasil. Nessa modalidade, os fotógrafos fazem ensaios entre seis e 14 dias após o nascimento das crianças, que são posicionadas para que suas feições, mãos e pés transmitam delicadeza e serenidade.

Conforme a fotógrafa Joice Martins, o estilo newborn começou a ser difundido no País em 2010. “Desde então, o segmento vem crescendo muito e conquistando novos apreciadores”, explica. Hoje tem até uma entidade que congrega os profissionais da área. A Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos (ABFRN) estabelece os padrões de segurança, higiene, conforto e qualidade para a prática, concedendo credenciamentos para os profissionais do mercado.

Entre as premissas estabelecidas, está a climatização dos ambientes onde as fotografias serão realizadas. “O recém-nascido é muito frágil e mantê-lo aquecido é primordial durante o ensaio. A temperatura ideal durante a sessão de fotos é entre 26 e 30 graus”, reforça. Para atingir esse padrão, além de aquecedores portáteis e dos aparelhos de ar-condicionado, atualmente existe até mesmo um termômetro especial para controlar as condições dos ambientes.

Outros fatores importantes para o newborn responsável, segundo Joice, são a limpeza do local onde as fotos serão feitas e a higiene dos acessórios que serão utilizados (roupinhas, toucas e mantas), que devem ser limpos com sabão especial para bebês após cada sessão. Os profissionais que fazem as imagens também devem estar atentos ao asseio, atuando com cabelos presos e unhas curtas e com cuidados especiais em relação à limpeza das mãos. Outro ponto considerado primordial é o respeito com o bebê, nunca expondo suas partes íntimas.

Para a profissional, especialista em newborn, a questão mais importante na fotografia de recém-nascidos é a segurança do bebê. “Tudo deve ser feito sempre visando o conforto e bem-estar da criança”, pontua. “O fotógrafo newborn deve conhecer a fisiologia do bebê, tendo compreensão sobre as limitações e os riscos envolvidos em cada uma das poses ou situações”, acrescenta. A indicação é sempre pesquisar referências sobre o retratista escolhido, avaliando seu portfólio e profissionalismo.

O suporte de um ajudante também é considerado fundamental. Durante as sessões, o braço direito de Joice é a técnica em enfermagem Jocecleria Brixner (foto abaixo), que em paralelo atua junto ao setor pediátrico de um hospital de Santa Cruz. O trabalho em conjunto é para dar toda segurança possível aos bebês, uma vez que há diversos momentos em que o fotógrafo precisa se afastar para captar a imagem. “Um assistente qualificado é muito importante, pois ajuda nas poses que exigem maior cuidado e experiência, dando toda proteção necessária”, opina Jocecleria.

Para marcar o nascimento da pequena Katharina Michels Keller (foto em destaque), que veio ao mundo no dia 20 de agosto do ano passado, os pais Claus Ricardo Keller e Grasiela Michels não tiveram dúvidas sobre o desejo de realizar as fotos newborn da primogênita. O ensaio fotográfico foi feito quando a pequena tinha 13 dias de vida, na residência da família, em Linha Andreas, interior de Vera Cruz. “Fizemos as fotos porque queríamos registrar o momento mágico da Katharina pequenina, com seu rostinho sereno, delicado e angelical, para que com o passar do tempo pudéssemos nos recordar dessa fase”, conta a mãe.

Newborn a domicílio

Atualmente, muitos profissionais que atuam com newborn realizam atendimentos diretamente nas residências dos clientes. As sessões em casa são consideradas práticas e cômodas para os pais, que não precisam se deslocar com os filhos recém-nascidos. A fotógrafa Joice Martins conta que, por atender em mais de uma cidade, optou por trabalhar exclusivamente com ensaios a domicílio. Para deixar o ambiente ainda mais tranquilo, a profissional conta com a ajuda especial do Baby Shusher, um aparelho que emite um ruído branco, similar ao que o bebê ouvia ainda no ventre da mãe, que contribui para deixar o recém-nascido mais calmo e com o sono mais profundo durante as fotos.

Saiba mais

A fotógrafa Joice Martins tem formação integral em fotografia pela Escola Joel e Isa Reichert, com cursos e workshops de especialização em newborn. Desde janeiro, faz parte da Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-nascidos (ABFRN). Além de Santa Cruz do Sul, atende pais em diversos municípios da região central do Estado. Para Joice, o mais recompensador em sua profissão é ver a emoção dos pais durante os ensaios e quando recebem as fotos. “É muito gratificante ver que meu trabalho desperta sentimentos tão bons nos meus clientes. Minha proposta é eternizar essa fase tão linda e que dura tão pouquinho tempo.” De 17 a 26 de março, o trabalho da profissional poderá ser conferido no Shopping Santa Cruz, na mostra intitulada Amor Eterno.

  • 1/10
  • 2/10
  • 3/10
  • 4/10
  • 5/10
  • 6/10
  • 7/10
  • 8/10
  • 9/10
  • 10/10
Postado por MICHELLE TREICHEL- michelle@gazetadosul.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações